Este é o elemento de fogo. Estimulando e excitando os nervos e sangue, libera adrenalina, ativa a circulação do sangue e revitaliza o corpo físico. Sendo um estimulante poderoso, deve ser usado com cautela. Nunca deve ser usado sozinho. É conveniente usar a seguir verde ou azul. As contra-indicações são as inflamações e os distúrbios emocionais.
Anemia
A respiração de vermelho bem como a ingestão de água carregada com vermelho são elementos importantes na terapia. A alimentação deve incluir frutas e vegetais listados na descrição do raio vermelho. Ousley em seu livro Power o f the Rays sugeriu que a luz vermelha poderia ser administrada com uma lâmpada colorida inicialmente às solas dos pés e então ao chacra vermelho na base da coluna à distância de aproximadamente quinze centímetros.
Sugere a aplicação durante um período de cinco minutos na sola de cada pé prosseguindo, pelo mesmo período, pela barriga da perna, joelhos, coxas e base da coluna. Encerra-se a aplicação com a irradiação, por alguns minutos, geral com luz verde ou azul.
Paralisia
Num primeiro tratamento — segundo a opinião de vários terapeutas — deve-se aplicar luz amarela a fim de auxiliar o paciente a réo-rientar seu estado mental que deve estar confuso.
A radiação amarela pode ser dirigida ao paciente tanto por pensamento quanto por lâmpadas. Luz púrpura pode ser aplicada ao chacra da base durante dez minutos. O mesmo raio pode ser aplicado levemente à coluna durante cerca de cinco minutos e então dirigido à sola dos pés, joelhos e pernas durante dez minutos, mais ou menos.
Tais períodos de tempo variam, contudo, segundo o caso e devem ser determinados pelo terapeuta ou indicados através do pêndulo.
Curta