Este é o raio que fornece ao nosso corpo físico energia e vitalidade. A energia entra através do chacra básico na raiz da espinha e que se correlaciona com o centro gonádico ou coccigeano. A vitalidade física do corpo depende da entrada correta e suficiente do raio vermelho, particularmente no que concerne às funções restauradora, procriadora e criadora.
Tratamento com raio vermelho estimula este centro.
Aumenta o calor e temperatura do corpo, estimula a circulação do sangue e permite a liberação de adrenalina. Dispersa os sentimentos de cansaço e inércia, ainda resfriados e constipações crónicas; sua atuaçâo é sempre de expansão. A dieta empregada para auxiliar os raios vermelhos deve incluir beterraba, rabanete, cerejas, ameixa vermelha, ameixa preta, espinafre, agrião, groselhas — e, de fato, quaisquer vegetais e frutas que contenham ferro.
Os terapeutas também sugerem, frequentemente, que o paciente beba vários copos de água carregada com luz vermelha. Esta água é aquela que absorveu os raios vermelhos do Sol filtrados através de uma película vermelha. O efeito do raio vermelho, psicologicamente e sobre o sistema nervoso,é sempre de elevação, dando maior confiança, iniciativa e fazendo superar depressão e inércia, estimulando a força de vontade e coragem.
O uso do raio vermelho poderia ser indicado nos casos de anemia, paralisia, má circulação e problemas sanguíneos, onde a vitalidade,é depauperada ou o estado mental é de depressão, medo, ou preocupação.
Curta